Victoria caiu para a mesma adversária que a eliminou no juvenil; Clara Amaral e Lucas Busnardo também passaram da primeira fase e foram eliminados na etapa seguinte

  

Clara Amaral classificou para o quadro principal no Egito. Foto: Augusto Bizzi/FIE.

10 de abril de 2021.

Por: Nelson Ayres – Fato&Ação Comunicação

O Brasil teve três espadistas classificados no quadro principal da categoria cadete no Mundial Cadete e Juvenil, na cidade do Cairo, no Egito. Clara Amaral, Lucas Busnardo e Victoria Vizeu caíram na fase de 64, a primeira eliminatória após as pules. No caso de Victoria, o excelente desempenho das pules não se refletiu em resultado na fase seguinte, já que ela havia terminado em décimo lugar entre todas as participantes da fase inicial.

Quis o destino que a ucraniana Olexandra Lazarenko, que a eliminou na véspera, na competição juvenil, cruzasse seu caminho novamente. E, mais uma vez, foi um duelo equilibradíssimo, quando perdeu por 15 a 14. Pouco antes, outro confronto com a ucraniana, na pule, com Victoria levando a melhor, por 5 a 2.

Além de Olexandra, Victoria Vizeu ainda bateu na pule a eslovaca Lucija Vancek (5 a 1), a austríaca Lena Chevaux (5 a 2), a espanhola Elena Robles (5 a 1) e a suíça Vanie Gogniat (5 a 2), com apenas uma derrota, para a colombiana Valentina Ceballos, por 5 a 4.

“Isso pode acontecer. Campeonato Mundial não tem adversário fraco. A Victoria dominou em alguns momentos e perdeu no detalhe. O dia foi positivo, não pelo resultado, mas pelo aprendizado e crescimento futuro para essa moçada”, avalia o técnico Marcos Cardoso.

Clara Amaral também passou para o quadro principal no feminino. Ela levou a melhor em dois duelos na pule, contra a cazaque Kristina Fomina (5 a 1) e contra a namibiana Tyne Roesemann (5 a 0). Na fase de 64, derrota para a sul-coreana Kang Jihyun, por 15 a 7. Carolina Checheliski venceu um jogo na pule.

No masculino, Lucas Busnardo foi o que teve o melhor desempenho. Fez uma pule boa, com três vitórias, batendo o holandês Jesse Pieper (5 a 4), o argentino Jose Alejandro Navajas (5 a 3) e o armênio Hovhannes Muradyan (5 a 4). Passou direto pela fase de 128, sendo eliminado posteriormente pelo suíço Aurele Favre, por 15 a 10. Já Nick Wu não conquistou vitórias no torneio.

Neste domingo, o torneio de equipes juvenil fecha a participação da espada no Mundial, encerrando o evento na cidade do Cairo.

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Esgrima (CBE)

Atendimento: Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

Equipe Fato&Ação de assessoria de imprensa e clipagem: Claudia Mendes, Nelson Ayres, Lucas Pinto e Beatriz Ayres

fatoeacaocomunicacao@gmail.com / contato@fatoeacao.com

 

CBE nas mídias sociais!

FACEBOOK: www.facebook.com/CBE.BrasilEsgrima

TWITTER: www.twitter.com/cbesgrima

INSTAGRAM: www.instagram.com/cbesgrima

YOUTUBE: www.youtube.com/cbesgrima

 

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support