Atleta parou nas oitavas de final da competição; quatro brasileiros conquistaram classificação para o quadro principal na categoria

 

Lorenzo Mion fez grande participação na categoria cadete. Foto: Augusto Bizzi/FIE.

7 de abril de 2021.

Por: Nelson Ayres – Fato&Ação Comunicação

Lorenzo Mion foi o grande destaque cadete do florete individual, no Mundial Cadete e Juvenil, na cidade do Cairo, no Egito. Nesta terça-feira (8), ele ficou em 13° lugar no torneio, após cair nas oitavas de final da competição. No dia anterior, ele já havia se feito bonito no juvenil, quando figurou no Top 30.

Mion venceu três dos cinco adversários na pule 9. Ele superou o letão Nikita Kuceba, por 5 a 0; o turco Tan Sezer, por 5 a 4; e o grego Dimitrios Sachinidis, por 5 a 3. Na fase de 64, bateu o armênio Grigor Papoyan, por 15 a 7. Na etapa seguinte, superou o sérvio Dusan Zeljkovic, em um apertado 15 a 3. Até finalmente cair para o norte-americano Daniel Zhang, por 15 a 4.

“O Mion, mais uma vez, pela sua idade, jogou demais. Venceu quatro nas pules, mas poderia ter ganho as outras duas, perdendo por 5 a 4 no detalhe. No quadro de 32 ganhou de um sérvio muito forte, acreditou no que estava fazendo. A mudança de tática dele foi muito legal. Nas oitavas, pegou um americano que venceu todas até ali e causou um certo desconforto. Foi um grande resultado”, comemorou o técnico Ricardo Ferrazzi.

Ainda no masculino, André Mura chegou no quadro principal, após vencer dois confrontos nas pules. Foi eliminado na fase de 64, pelo turco Alp Tuna Korkmaz, por 15 a 3. Rafael Tomino não conquistou vitórias nas pules.

Entre as meninas, destaque para Gabriella Vianna, outra que também teve boa participação no dia anterior, na categoria juvenil. Ela chegou na fase de 32, ficando em 29° lugar. Gabriella venceu três adversárias na pule 2: a norte-americana Elizabeth He (5 a 3), a croata Katja Trcin (5 a 4) e a armênia Aida Aloyan (5 a 2). Na semifinal, bateu a sérvia Sonja Stojanovic, por 15 a 12; Caiu na etapa seguinte, para a canadense Jessica Guo, por 15 a 5.

Stella Frias, por sua vez, venceu dois combates na pule 4, batendo a croata Lorena Pozgajcic (5 a 1) e a holandesa Valerie Buijse (5 a 2). Na fase de 64, foi superada pela romena Karina Vasile, por 15 a 6.

“A Stella jogou muito bem a pule, sem medo de nada, fez mudança de jogo. Ela é primeiro ano de cadete, primeiro Mundial. A Gabriella quebrou tudo, jogou demais na pule! Acabou perdendo para um menina que é um fenômeno e já está na equipe adulta do Canadá”, disse o técnico.

O sexto dia do Mundial do Egito terá as competições por equipes juvenis de florete. A partir de quinta-feira, é a vez dos espadistas.

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Esgrima (CBE)

Atendimento: Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

Equipe de assessoria, produção de conteúdo, mídias sociais e clipagem: Claudia Mendes, Nelson Ayres, Lucas Pinto e Beatriz Ayres

fatoeacaocomunicacao@gmail.com / contato@fatoeacao.com

CBE nas mídias sociais!

FACEBOOK: www.facebook.com/CBE.BrasilEsgrima

TWITTER: www.twitter.com/cbesgrima

INSTAGRAM: www.instagram.com/cbesgrima

YOUTUBE: www.youtube.com/cbesgrima

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support