Craques da esgrima olímpica e paralímpica falam da importância em serem os grandes destaques negros na modalidade e seus sonhos para o futuro

 

Montagem com fotos de Marco Antônio Teixeira e Washington Alves.

 

19 de novembro de 2020.

Por: Fato&Ação Comunicação

Sinônimos de talento e vitórias. Bia Bulcão e Vanderson Chaves, dois craques da esgrima brasileira, com inúmeros títulos internacionais, chamam a atenção. Negros, mostram a diversidade no esporte e representam um enorme orgulho para a modalidade, muitas vezes apontada como sendo elitista.

Por sinal, Bia, atleta que não nasceu em família rica, é medalhista pan-americana em 2019 e principal nome do florete feminino no país, tem muito orgulho de sua trajetória na modalidade. E acredita que o mundo será melhor quando a cor da pele não for notada.

“A tendência é aparecer mais pessoas negras na esgrima, pois existem alguns projetos sociais, proporcionando a oportunidade de muitas pessoas poderem praticar. Há iniciativas nas escolas. Meu grande desejo neste Dia da Consciência Negra é que as pessoas parem de ver as diferenças físicas. Que as pessoas olhem para as qualidades de cada um”, projeta.

Vanderson Chaves é um dos grandes nomes da esgrima paralímpica do Brasil, com vaga praticamente garantida nos Jogos de Tóquio, em 2021. O gaúcho acredita que é um privilegiado, pois serve como exemplo a todos os negros e todos os indivíduos que tenham algum tipo de necessidade especial.

“Me sinto muito orgulhoso por ser uma pessoa negra, por ser uma pessoa com deficiência física e ter essa visibilidade e esse espaço no esporte. Sou muito grato por tudo isso. Sou uma pessoa que mostra para as outras que, independentemente da cor, se tenho deficiência ou não, somos todos iguais. Todos somos capazes de buscar nossos sonhos, basta correr atrás de seus objetivos”, ressalta, também esperando que a cor da pele não seja empecilho para que ninguém atinja seus objetivos no futuro.

Por sua vez, Bia Bulcão, adotada aos cinco meses de idade por uma família branca e exemplo de superação em muitos momentos da vida, olha para trás e mostra-se muito feliz com o que já fez até aqui: “Meu maior orgulho é de minhas conquistas e de minha história de vida”.

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Esgrima (CBE)

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

CBE nas mídias sociais!

FACEBOOK: www.facebook.com/CBE.BrasilEsgrima

TWITTER: www.twitter.com/cbesgrima

INSTAGRAM: www.instagram.com/cbesgrima

YOUTUBE: www.youtube.com/cbesgrima

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support