Notícias

Copa do Mundo de Esgrima em Cadeira de Rodas – Sharjah

By | Notícias

A Copa do Mundo de Esgrima em Cadeira de Rodas teve, em sua cerimônia de abertura, a presença do Sr. Rudi Van Den Abbeele, Presidente da IWAS Federation. Juntamente com o vice-governante de Sharjah, a cerimônia de abertura contou com a participação do xeque Sultan bin Ahmed Al Qasimi, presidente do Comitê Organizador Superior dos Jogos Mundiais IWAS Sharjah 2019; Xeque Saqr bin Mohammed Al Qasimi, presidente do Conselho de Esportes de Sharjah; Sua Excelência Salem Ali Al Muhairi, Presidente do Conselho Municipal de Sharjah; Major-General Saif Al Zari Al Shamsi, Comandante-em-Chefe da Polícia de Sharjah; membros do Comitê Organizador Superior do IWAS; além de personalidades do esporte e da mídia.

Resultados dos atletas da Equipe Brasileira

Jovane Guissone – 10º lugar no Florete e na Espada B  e 21º no Sabre B

Vanderson Chaves – 15º lugar no Florete B, 27º na Espada  B  e 24º no Sabre B

Alex Sandro Souza – 36º lugar no Florete A e 26º no Sabre A

Moacir Ribeiro – 41º lugar  no Florete A e 40º na Espada A

Mônica Santos – 22º lugar na Espada B, 17º  no Florete B e 20º no Sabre B

Carminha Oliveira – 19º  lugar na Espada A e  27º no Florete A

Fabiana Soares – 30º lugar na Espada A, 25º no Florete A e 24º no Sabre A.

 

Amanhã, às 10h iniciam as provas por equipes. No Florete Feminino o Brasil enfrentará a equipe da Georgia e na Espada Masculina a equipe brasileira encontra a Korea.

Boa sorte a todos.

 

Nota Oficial

By | Notícias
Sobre as notícias que estão sendo veiculadas pela mídia acerca de alegado assédio sexual praticado por um técnico de esgrima, a presidência da CBE tem a referir expressamente que repudia toda e qualquer forma de assédio, seja ele moral ou sexual.
Quanto aos fatos, não possuímos qualquer informação além do que foi divulgado pela mídia, uma vez que já há um inquérito policial instaurado, o qual tramita em sigilo.
Cumpre ressaltar que o Conselho de Administração do Comitê Olímpico do Brasil, do qual o Presidente da CBE é um dos seus membros, está, nesse momento, discutindo o desenvolvimento de uma Política de Prevenção ao Assédio Moral e Sexual, estando, portanto, a CBE absolutamente alinhada ao Comitê Olímpico do Brasil acerca desses importantes temas.

CBE está atualizando o cadastro de atletas

By | Notícias

A CBE está atualizando o cadastro de atletas das modalidades da Esgrima e Esgrima em Cadeira de Rodas. O novo cadastro está simplificado e em formato digital.

Os atletas ou responsáveis pelos menores de idade devem preencher o formulário disponibilizado neste link até o dia 28/02.

Os cadastros serão compartilhados com a Entidades de Prática Desportiva do(a) atleta e com a Comissão de Atletas.

COB organiza 1ª edição do Congresso Olímpico Brasileiro

By | Notícias

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) organizará a 1ª edição do Congresso Olímpico Brasileiro no dia 13 de abril de 2019, no WTC Events Center, em São Paulo.

Destinado a gestores, treinadores e demais profissionais das ciências do esporte, o evento tem como tema a Gestão Esportiva de Alto Impacto – Estratégias para Resultados Efetivos.

Já estão confirmados nomes internacionais de referência como Chelsea Warr, diretora de Performance do UK Sports, órgão do governo que repassa recursos ao esporte olímpico do Reino Unido, e Maurits Hendriks, diretor Técnico de Top Esportes do Comitê Olímpico Holandês. Entre os especialistas nacionais estão o diretor de Esportes do COB, Jorge Bichara, e o consultor pedagógico do Instituto Olímpico Brasileiro do COB, Antônio Carlos Gomes. Será uma grande oportunidade para comunicar e compartilhar informações, conhecimentos e benchmarking, formando uma comunidade com os principais stakeholders do esporte.

As inscrições podem ser feitas no site do evento: www.congresso.cob.org.br. O investimento é de R$ 225,00, com meia entrada para estudantes. O pagamento por cartão de crédito pode ser parcelado em até três vezes. No valor já estão inclusas palestras, vivências, exposições e certificado.

Mensagem de Ano Novo

By | Notícias

Prezados (as) Senhores(as),

 

É com enorme alegria e esperança renovada que nos dirigimos aos Dirigentes das Federações e das EPDs, atletas, técnicos, árbitros, colaboradores diversos, familiares e amigos da esgrima brasileira.

Para nós o ano de 2018 foi recheado de ações, inovações, conquistas e, ainda, projetos para o maior e melhor desenvolvimento do nosso esporte.

A existência das Entidades Nacionais de Administração do Desporto – as Confederações Esportivas – somente se justifica porque há toda uma comunidade envolvida que as tornaram uma realidade. E, desse evidente conceito, a atual gestão da CBE não se descuida. É, portanto, pela e para a comunidade da esgrima brasileira que trabalhamos com incansável dedicação, pois somos esgrimistas, amamos o nosso esporte e o que fazemos.

A nossa gestão, desde o seu início vem, passo a passo, realizando tudo aquilo que estava proposto em nossa plataforma. Mas, por certo, não somos os detentores da verdade, até porque há diversos rumos a serem escolhidos. Por isso, administramos com os olhos e ouvidos sempre democraticamente abertos para juntos com a nossa comunidade, escolhermos os melhores caminhos e tomarmos as melhores decisões. Não buscamos a unanimidade; contrário a isso, eventuais críticas ou posições divergentes são para nós uma oportunidade ímpar para as nossas reflexões e até mesmo para algumas importantes alterações de rumo. Enfim, acreditamos que, desta forma, o desenvolvimento do nosso esporte terá uma melhor qualidade e eficácia.

Estamos, dentro de nossas possibilidades, formando técnicos, árbitros e gestores para a esgrima, diga-se, um enorme gargalo que freou o nosso crescimento por muito tempo.

Para o próximo ano, novos profissionais serão formados e procuraremos apoiá-los para que possam se desenvolver profissionalmente e, assim, permanecerem em nosso meio. Essas ações, por si só, apontam para um horizonte promissor.

Algumas novas EPDs estão surgindo pelos méritos próprios de seus dirigentes e responsáveis técnicos. E estamos atentos a isso, estimulando-os, apoiando-os, ofertando algumas facilidades, inclusive financeiras, para que algumas de nossas regras não se transformem em obstáculo. Há, ainda, o potencial surgimento de novas Federações Estaduais; da mesma forma, procuraremos auxiliar os interessados nessa importantíssima missão. O Norte, o Nordeste e o Centro-Oeste brasileiro estão se mobilizando para que a esgrima possa se desenvolver nessas regiões e seja incorporada futuramente às nossas atividades. Da mesma forma, estamos atentos a tudo isso e ao lado desses abnegados e competentes profissionais que vêm transformando sonhos em realidade.

A quantidade de praticantes de esgrima está se ampliando desde as categorias infantis até os veteranos. Respondem por essa conquista as Federações e as EPDs ao lado de seus respectivos dirigentes, técnicos e os participativos familiares que não medem esforços para que seus filhos se mantenham vinculados ao nosso esporte. A todos, o nosso muito obrigado!

Estamos muito atentos aos Jogos Olímpicos de Tóquio – 2020 no que diz respeito ao potencial de classificação e resultados de nossos atletas e equipes de alto rendimento e os apoiamos meritoriamente no limite de nossas forças financeiras. Mas não perdemos de vista os Jogos Olímpicos de 2024 e, até mesmo, o de 2028. Nossos talentosos jovens esgrimistas que estão despontando em todas as armas e gêneros nos indicam um futuro muitíssimo animador e, da mesma forma, buscamos de todas as formas apoiá-los dentro de nosso planejamento estratégico.

A esgrima em cadeira de rodas finalmente foi incorporada à CBE, seguindo uma tendência mundial onde o Comitê Paralímpico Brasileiro e o Comitê Paralímpico Internacional são francamente favoráveis a essa união. Portanto, estamos no caminho certo e convencidos de que todos ganharemos com isso. Assim, seja muito bem-vinda a comunidade da esgrima em cadeira de rodas. Estejam certos de que tudo faremos para desenvolver e qualificar ainda mais a modalidade paralímpica.

Finalmente, a Assembleia Geral da CBE reformou o seu Estatuto, tornando-o muito mais moderno e voltado para uma governança participativa. Essa reforma estatutária foi fruto de um enorme esforço coletivo, onde todos os envolvidos foram maduros e democráticos o suficiente para debaterem e flexibilizarem ideias, conceitos, princípios e ideologias até chegarem a um texto elogiável. Mas isso não é suficiente; precisamos colocar em prática tudo aquilo que, juntos, consolidamos. Para tanto, serão necessários o interesse e a participação de nossa comunidade como um todo.

Precisamos, por fim, ir em busca de uma maior harmonia e flexibilidade entre todos, a fim de estabelecermos permanentes debates construtivos em prol do nosso futuro. Portanto, conclamamos a toda a comunidade da esgrima brasileira, convencional e em cadeira de rodas que, com a máxima liberdade de expressão, tragam para o centro dos debates todo e qualquer tema que possa propiciar a evolução que tanto sonhamos. Somos todos, como dito antes, esgrimistas e, por isso, devemos esgrimir numa mesma direção, corrigindo rumos e avançando sempre!

 

            Um Feliz e harmonioso Ano Novo para todos nós!

Arno Schneider                                                                         Ricardo Machado

 

Alexandre Camargo é Destaque Esportivo no Prêmio Brasil Olímpico

By | Notícias

O espadista Alexandre Camargo, atleta da Academia Mestre Kato, de Curitiba, recebeu na noite de hoje no Rio de Janeiro,  o prêmio Destaque Esportivo  – Melhor Atleta da Esgrima,no Prêmio Brasil Olímpico 2018.

O Prêmio Brasil Olímpico é promovido anualmente pelo COB, Comitê Olímpico Brasileiro, com o objetivo de reconhecer os melhores atletas em cada uma das modalidades esportivas olímpicas.

Camargo é atleta da categoria juvenil, na qual encontra-se na primeira posição do ranking correspondente, além de estar, também,  em primeiro lugar no ranking da espada masculina adulta.

Em 2018 Camargo foi Campeão Pan-americano Juvenil, Campeão Brasileiro Juvenil e Campeão Mundial Juvenil, além de ter obtido outras importantes conquistas no calendário nacional e internacional.

Parabenizamos ao Alexandre, seu técnico, Mestre Kato, seus familiares e colegas de esgrima!

Fim de semana de competições internacionais

By | Notícias

Neste final de semana o Brasil se fez representar em diversas competições internacionais.

ESPADA MASCULINA JUVENIL

A Equipe Juvenil de Espada Masculina que se encontra em estágio de treinamento na Europa, participou da Copa do Mundo Heraklion,na Grécia, que contou com a participação de 203 espadistas

Alexandre Camargo venceu 5 dos 6 assaltos da poule, passou direto para o quadro e foi eliminado no quadro de 32 pelo atleta húngaro, campeão da prova. Camargo classificou-se em 20º lugar.
Fabrizio Lazaroto, obteve 3 vitórias nas poules, venceu no quadro de 256 e foi eliminado no quadro de 128, terminando a prova em 112° lugar
Gabriel Daher Bonamigo venceu 2 assaltos na poule,venceu no quadro de 256 e foi eliminado no quadro de 128, finalizando a prova na 125ª colocação.
Leopoldo Gubert venceu 1 assalto na poule, classificando-se em 182° lugar.
Na prova por equipes o Brasil classificou-se em 13º lugar. Venceu o Azerbaijão, por 45×21 em seu primeiro encontro. Perdeu para a Rússia por  34 a 28 no quadro de 16, e para a Finlândia por 44×37, venceu a Estônia por 42 x33  e a Grã-Bretanha por 45 a 34, garantindo a 13º colocação.

 

CAMPEONATO MUNDIAL MILITAR

O Exército Brasileiro se fez representar em Nancy, França  -no 46º Campeonato Mundial Militar de Esgrima, evento que faz parte dos Jogos Mundiais Militares, que acontecem a cada quatro anos.

Os esgrimistas brasileiros que participaram da competição e seus resultados foram Guilherme Toldo, Henrique Marques, Luan Nelson Albano, Fabiano Lunardi, Enrico Pezzi, Nicolas Ferreira e Amanda Netto Simeão.

Na prova de Florete Masculino, o 3º Sgt Toldo, após se classificar em 3º na fase classificatória, realizou uma grande disputa nas eliminatórias, perdendo em um difícil combate e terminando em 6º lugar, a uma vitória do pódio.
O 3º Sgt Marques, após difícil grupo na fase classificatória, encontrou nas eliminatórias o militar russo que viria a ser o campeão da prova, e terminou na 19ª colocação. O 2º Ten Albano, disputando sua primeira competição internacional, terminou em 23º lugar.

Na prova de espada feminina, a 3º Sgt Amanda Simeão, em uma competição de altíssimo nível, foi eliminada em um duro combate de 15×13 contra a atleta da Ucrânia, alcançando a 23ª colocação.

Na prova de espada masculina Nicolas Frerreira terminou a oriva em 27º e Fabiano Lunardi na 35ª colocação.

No Sabre Masculino Enrico Pezzi finalizou a prova na 19ª colocação.

Na prova de Florete Masculino por Equipes o Brasil classificou-se em 5º lugar

 

COPA DO MUNDO DE DORMAGEN – ALEMANHA

Nossos nossos jovens sabristas disputaram a Copa do Mundo de Sabre Juvenil em Dormagem.
Enzo Bergamo obteve 2 vitórias na poule,entrou para o quadro 128 e terminou a prova no 119 lugar entre 159 participantes

Bruno Pekelman também obteve 2 vitórias na poule, entrou para o quadro 128 e finalizou a prova na 124 colocação entre 159 participantes

Pietra Peterlini Chierighini obteve 2 vitórias na poule, entrou nos 128, ganhou e foi para os 64 onde perdeu por 15×14 para uma Romena para entrar nos 32. Terminou a prova no
63° lugar entre 147 participantes;

Luana Pekelman teve 3 vitorias na poule, entrou nos 128 e perdeu, finalizando a prova na 78º colocação entre 147 atletas.

 

Vagas para curso de Mestre D’Armas na EsEFEX

By | Esgrima, Notícias

A CBE, por meio de convênio com o Centro de Capacitação Física do Exército, terá quatro vagas para o Curso de Mestre D’Armas, a ser ministrado em 2019 , de fevereiro a julho, na Escola Superior de Educação Física do Exército.

Os interessados deverão encaminhar, até o dia 10 de dezembro, o seu Currículo desportivo, cumprindo as exigências mínimas para a candidatura.

O curso é de pós- graduação em esgrima, para formados em nível superior, com experiência de no mínimo 2 anos em competições estaduais e nacionais.

Para maiores informações acesse o ofício neste link

CBE e CPB firmam Protocolo de Intenções

By | Notícias

A CBE e o Comitê Paralímpico Brasileiro – CPB, firmaram em 11 de outubro, um Protocolo de Intenções de Cooperação Técnica, em prol do desenvolvimento da modalidade de Esgrima em Cadeira de Rodas pelo CPB e CBE em âmbito nacional.

A CBE e o CPB, durante os últimos meses, aproximaram-se no intuito de promover, a partir de janeiro de 2019, a transferência da administração da Esgrima em Cadeira de Rodas – ECR para a estrutura organizacional da CBE na modalidade de gestão compartilhada, a exemplo do que já vem ocorrendo com diversas outras modalidades paralímpicas no Brasil e também em diversos outros países.

Recentemente o brasileiro e ex-Presidente do CPB, Andrew Parsons, atual Presidente do Comitê Paralímpico Internacional, foi honrosamente eleito membro do Comitê Olímpico Internacional – COI. E, segundo declarações de Parsons, sua meta é a de aproximar cada vez mais ambos os Comitês Internacionais: Olímpico e Paralímpico. Com esse propósito, em março deste ano o Presidente Andrew Parsons firmou acordo com o Presidente do COI, Thomaz Bach, a fim de aprofundarem a relação entre as duas entidades até 2032.

Portanto, a partir de 2019, através de uma administração compartilhada e de cooperação mútua entre o Comitê Paralímpico Brasileiro – CPB e a CBE, a Esgrima em Cadeira de Rodas – ECR será incluída na estrutura organizacional da nossa entidade e a CBE estará vinculada oficialmente ao CPB, passando a ser a Entidade Nacional de Administração da Esgrima Olímpica e também da Esgrima em Cadeira de Rodas, em que pese com metas, projetos e orçamentos absolutamente distintos e independentes para cada uma das modalidades. Com isso, ambas as modalidades, olímpica e paralímpica, passarão a ter uma muito maior aproximação técnica, administrativa e organizacional no que diz respeito ao fomento, às competições, às trocas de conhecimentos e, ainda, à utilização conjunta do excepcional Centro de Treinamento do CPB, localizado em São Paulo.

Mais informações neste link

Pules dos Torneios Internacional Infantil Mario Queiroz e Nacional Pré-cadete

By | Notícias

As pules das competições do próximo final de semana estão definidas, com base nas inscrições realizadas dentro do prazo estabelecido.

Confira abaixo:

TORNEIO NACIONAL PRÉ-CADETE

Sabre Masculino                      Sabre Feminino

Espada Masculina                  Espada Feminina

Florete Masculino                  Florete Feminino

 

TORNEIO INTERNACIONAL INFANTIL MARIO QUEIROZ

Sabre Masculino 13 anos             Sabre Feminino 13 anos

Sabre Masculino 11 anos             Sabre Feminino 11 anos 

Sabre Masculino 09 anos            Sabre Feminino 09 anos 

 

Espada Masculina 13 anos          Espada Feminina 13 anos

Espada Masculina 11 anos           Espada Feminina 11 anos

Espada Masculina 09 anos          Espada Feminina 09 anos

 

Florete Masculino 13 anos          Florete Feminino 13 anos

Florete Masculino 11 anos          Florete Feminino 11 anos

Florete Masculino 09 anos         Florete Feminino 09 anos