Vagas para curso de Mestre D’Armas na EsEFEX

A CBE, por meio de convênio com o Centro de Capacitação Física do Exército, terá quatro vagas para o Curso de Mestre D’Armas, a ser ministrado em 2019 , de fevereiro a julho, na Escola Superior de Educação Física do Exército.

Os interessados deverão encaminhar, até o dia 10 de dezembro, o seu Currículo desportivo, cumprindo as exigências mínimas para a candidatura.

O curso é de pós- graduação em esgrima, para formados em nível superior, com experiência de no mínimo 2 anos em competições estaduais e nacionais.

Para maiores informações acesse o ofício neste link

CBE e CPB firmam Protocolo de Intenções

A CBE e o Comitê Paralímpico Brasileiro – CPB, firmaram em 11 de outubro, um Protocolo de Intenções de Cooperação Técnica, em prol do desenvolvimento da modalidade de Esgrima em Cadeira de Rodas pelo CPB e CBE em âmbito nacional.

A CBE e o CPB, durante os últimos meses, aproximaram-se no intuito de promover, a partir de janeiro de 2019, a transferência da administração da Esgrima em Cadeira de Rodas – ECR para a estrutura organizacional da CBE na modalidade de gestão compartilhada, a exemplo do que já vem ocorrendo com diversas outras modalidades paralímpicas no Brasil e também em diversos outros países.

Recentemente o brasileiro e ex-Presidente do CPB, Andrew Parsons, atual Presidente do Comitê Paralímpico Internacional, foi honrosamente eleito membro do Comitê Olímpico Internacional – COI. E, segundo declarações de Parsons, sua meta é a de aproximar cada vez mais ambos os Comitês Internacionais: Olímpico e Paralímpico. Com esse propósito, em março deste ano o Presidente Andrew Parsons firmou acordo com o Presidente do COI, Thomaz Bach, a fim de aprofundarem a relação entre as duas entidades até 2032.

Portanto, a partir de 2019, através de uma administração compartilhada e de cooperação mútua entre o Comitê Paralímpico Brasileiro – CPB e a CBE, a Esgrima em Cadeira de Rodas – ECR será incluída na estrutura organizacional da nossa entidade e a CBE estará vinculada oficialmente ao CPB, passando a ser a Entidade Nacional de Administração da Esgrima Olímpica e também da Esgrima em Cadeira de Rodas, em que pese com metas, projetos e orçamentos absolutamente distintos e independentes para cada uma das modalidades. Com isso, ambas as modalidades, olímpica e paralímpica, passarão a ter uma muito maior aproximação técnica, administrativa e organizacional no que diz respeito ao fomento, às competições, às trocas de conhecimentos e, ainda, à utilização conjunta do excepcional Centro de Treinamento do CPB, localizado em São Paulo.

Mais informações neste link

Pules dos Torneios Internacional Infantil Mario Queiroz e Nacional Pré-cadete

As pules das competições do próximo final de semana estão definidas, com base nas inscrições realizadas dentro do prazo estabelecido.

Confira abaixo:

TORNEIO NACIONAL PRÉ-CADETE

Sabre Masculino                      Sabre Feminino

Espada Masculina                  Espada Feminina

Florete Masculino                  Florete Feminino

 

TORNEIO INTERNACIONAL INFANTIL MARIO QUEIROZ

Sabre Masculino 13 anos             Sabre Feminino 13 anos

Sabre Masculino 11 anos             Sabre Feminino 11 anos 

Sabre Masculino 09 anos            Sabre Feminino 09 anos 

 

Espada Masculina 13 anos          Espada Feminina 13 anos

Espada Masculina 11 anos           Espada Feminina 11 anos

Espada Masculina 09 anos          Espada Feminina 09 anos

 

Florete Masculino 13 anos          Florete Feminino 13 anos

Florete Masculino 11 anos          Florete Feminino 11 anos

Florete Masculino 09 anos         Florete Feminino 09 anos

Nova formação da Comissão de Atletas

A atleta Amanda Netto Simeão passou a fazer parte da Comissão de Atletas, assumindo a  representação da arma Espada, a partir deste mês.

Desejamos à Amanda um bom trabalho frente à Comissão, em conjunto com seus pares Karina Lakerbai e Pierre Souza.

 

Comunicação do Ministério do Esporte aos atletas

Abaixo segue conteúdo do e-mail enviado aos atletas com informações relevantes para a inscrição no Programa Bolsa Atleta.

Estamos questionando junto ao Ministério quanto à ausência de provas  internacionais e outros itens que achamos pertinentes. Em obtendo retorno comunicaremos em nossas redes sociais.

 

Prezado (a) Atleta,

Informamos que no dia 02 de outubro de 2018 serão abertas as inscrições do Programa Bolsa-Atleta, para as modalidades que fazem parte dos Programas Olímpico/Paralímpico. Segue abaixo períodos previstos para o pleito 2018:

I

02/10 a 11/10/2018

Inscrição on-line

II

02/10 a 11/10/2018

Envio de documentos comprobatórios

III

Até 30 dias**

(da primeira notificação)

Complementação de documentos (se for o caso)

IV

10/12 a 18/12/2018

Publicação de lista de contemplados

A relação de eventos indicados e aprovados pelo ME, que tornam apto o atleta a pleitear o benefício esta disponível no link a seguirhttp://www2.esporte.gov.br/arquivos/snear/bolsaAtleta/eventos/28_09_2018_Relacao_de_eventos_esportivos_para_o_pleito_2018.pdf

Atenção para a lista de documentos exigidos para os atletas. Os modelos, com todas as informações, estão disponíveis no site http://www2.esporte.gov.br/snear/bolsaAtleta/inscricoes.jsp

·    Cópia do documento de identidade;

·    Cópia do CPF;

·    Declaração da entidade de prática desportiva (clube);

·    Declaração da entidade nacional de administração do desporto (confederação) da respectiva modalidade;

·    Declaração sobre valores recebidos como patrocínio (novo modelo);

·    Plano esportivo anual para os próximos 12 meses (novo modelo).

Informações importantes:

·    A declaração de patrocínio e o plano esportivo anual são de responsabilidade do atleta. Assim como, as informações prestadas nessas declarações.

·    Os documentos deverão ser encaminhados para o seguinte endereço:

  Equipe Bolsa Atleta – Atendimento

(61) 3429-6906 / 3429-6867 / 3429-6897

SIG, quadra 4, lote 83, Edifício Capital Financial Center, Bloco C, andar 0, sala T01, CEP 70610-440 – Brasília-DF

CBE cria comissão de arbitragem

A CBE criou a sua primeira Comissão de Arbitragem, a qual será composta por Eduardo Romão Gomes, Regis Trois de Avila e Jacques Cramer, árbitros FIE reconhecidos internacionalmente por sua capacidade técnica.

A comissão está em fase de estruturação e, em 30 dias, deverá apresentar seu Regulamento Interno, o qual será divulgado neste site, na aba Arbitragem, assim que aprovado pela Diretoria da CBE.

A Comissão tem como missão desenvolver e orientar a arbitragem nacional, adequando-se aos regulamentos FIE, na busca pela excelência de sua atuação.

 

A esgrima vencedora do Grêmio Náutico União

O Case de Sucesso que divulgamos nesta semana é o da esgrima do Grêmio Náutico União, clube gaúcho que completou este ano 112 anos de existência e de muito sucesso nos seus esportes e também nas suas áreas social e cívico-cultural.

O GNU foi fundado em 1º de abril de 1906, por seis garotos  que sonhavam em ver o Remo,seu esporte preferido, nas águas do Guaíba. Desde sua fundação o seu principal objetivo era incentivar a prática e a cultura dos desportos. Nesses 112 anos de existência, o propósito segue o mesmo, mas a infraestrutura cresceu enormemente e hoje, o Grêmio Náutico União possui quatro sedes, mais de 60 mil associados e cerca de 450 colaboradores, colocando-se como um dos maiores clubes da América Latina e o terceiro maior no Brasil.

Na trajetória de crescimento dos esportes do GNU, o Departamento de Esgrima foi fundado em 22 de abril de 1955. Assim, e nesses últimos 63 anos de existência da esgrima unionista, inúmeras conquistas foram obtidas, desde a melhoria constante da sua estrutura física, chegando-se a atual e moderna Sala D´Armas localizada na sede Moinhos de Vento, até os importantíssimos títulos esportivos nacionais e internacionais conquistados por muitos dos seus atletas que por lá passaram e, também, pelos seus atuais atletas que continuam a brilhar.

A tradição e a qualidade da esgrima do Grêmio Náutico União foram construídas ano a ano e passo a passo pelas mãos de vários e competentes Mestres D´Armas, bem como por muitos dirigentes que também são partícipes dessa vitoriosa caminhada, tornando a sua história um case de sucesso que merece ser contada, ainda que resumidamente como mostra a apresentação neste link.

 

Esgrima Pinheirense, celeiro de campeões

O Case de Sucesso que divulgamos hoje é de um dos mais tradicionais e importantes clubes do Brasil, que vem produzindo, ao longo de sua existência, um celeiro de campeões – o Esporte Clube Pinheiros.

Conheça na apresentação anexa a trajetória da esgrima Pinheirense do seu início até os dias atuais, fruto do trabalho, da excelência em gestão e do talento de todos que fazem parte dessa história.

Acesse a apresentação neste link

CBE lança o Projeto Engajar visando o crescimento da esgrima no País.

Para os praticantes da esgrima, o termo ENGAJAMENTO é ensinado logo no início da prática do esporte. Esse termo representa o momento do combate em que duas armas (lâminas) estão em contato. Entretanto, ENGAJAR  também significa participar de forma voluntária, fazer algo com afinco e vontade, contratar, cativar, investir, recrutar etc.

O PROJETO ENGAJAR, criado pela CBE, por meio do IBE – Instituto Brasileiro de Esgrima, tem como base o apoio ao desenvolvimento de profissionais para o ensino da esgrima nas mais diversas regiões do país, em espaços e novos formatos que vêm surgindo no  mercado.

Além de atuar no desenvolvimento profissional, o Projeto Engajar proporcionará a aproximação  e a prospecção de novos espaços para o ensino da esgrima, quer seja com objetivos competitivos, ou apenas de lazer.

Saiba mais, acessando a apresentação neste link